Consentimento para processamento de dados pessoais

POR FAVOR, OBSERVE QUE O USO E ACESSO AOS NOSSOS SERVIÇOS (DEFINIDOS ABAIXO) ESTÃO SUJEITOS AOS SEGUINTES TERMOS; SE VOCÊ NÃO CONCORDA COM TODOS OS TERMOS DESCRITOS, VOCÊ NÃO PODE ACESSAR OS SERVIÇOS DE NENHUMA MANEIRA.

Consentimento para processamento de dados pessoais

Efetivo em: 17 de setembro de 2020

 

Consentimento para processamento de dados pessoais

 

  1. Ao clicar no botão “Próximo”, concordo e expresso meu consentimento voluntário, inequívoco e informado que meus dados pessoais que forneci à OCEL (CELVIRTUAL LDA), incorporados e registrados em Portugal com o número da empresa NIPC: 515635332, cuja sede é em AVENIDA D. JOÃO II 98/A, LISBOA, PORTUGAL, será processado pela OCEL para fins de execução de procedimentos de conhecimento do seu cliente (KYC) e anti-lavagem de dinheiro (AML).
  2. O meu nome e outros meios de identificação para efeitos de obtenção deste consentimento serão determinados no decurso do tratamento dos meus dados pessoais efectuado de acordo com este consentimento.
  3. Reconheço e concordo que a OCEL processará meus dados pessoais em nome e por meio e para os fins determinados pela organização, com a qual desejo estabelecer uma relação comercial após a conclusão dos procedimentos KYC e AML, ou seja, controlador de dados, a menos que a OCEL seja o único controlador de dados. Em qualquer caso, reconheço e concordo que conheço os detalhes e o endereço do controlador de dados.
  4. Por meio deste reconheço e concordo que o processamento será feito para fins de identificação e cumprimento da diligência do cliente, de acordo com as leis que regem a relação comercial pretendida.
  5. Reconheço e concordo que a OCEL processará meus dados pessoais por meio de leitura automatizada, verificação da autenticidade e outro processamento automatizado de fotos e cópias digitalizadas de documentos e com posterior verificação dos dados em vários bancos de dados, incluindo bases internacionais de Pessoas politicamente expostas internacionais (PEPs) e sanções, listas de sanções específicas de cada país, listas criminais e listas financeiras.
  6. Reconheço e concordo que a OCEL processará meus dados pessoais apenas nos servidores localizados fisicamente na União Europeia.
  7. Eu, por meio deste, reconheço e concordo que os dados pessoais podem ser divulgados a entidades associadas à OCEL para atingir o propósito de processamento sob este Consentimento. As contratadas às quais a OCEL divulga dados pessoais implementam medidas técnicas e organizacionais adequadas para garantir a segurança dos dados pessoais.
  8. O consentimento para o processamento aqui expresso abrange as seguintes operações: coleta, registro, organização, estruturação, armazenamento, adaptação ou alteração, recuperação, consulta, uso, divulgação por transmissão, disseminação ou disponibilização de outra forma, alinhamento ou combinação, restrição, eliminação ou destruição.
  9. O consentimento para o tratamento aqui expresso inclui os seguintes dados pessoais: nome e apelido, passaporte ou quaisquer dados do documento de identidade, endereço registado, dados bancários, imagem facial.
  10. Declaro que fui informado do fato de que meus dados pessoais biométricos, ou seja, minha imagem facial, serão processados ​​e, por meio deste, dou meu consentimento voluntário, inequívoco e informado.
  11. Declaro que fui informado sobre meu direito de:
  • retirar meu consentimento para processamento de dados pessoais;
  • acessar e ajustar meus dados pessoais;
  • solicitar por escrito e justificado o bloqueio do tratamento dos meus dados devido a situação particular;
  • opor-se ao tratamento dos meus dados pessoais;
  • opor-se à transferência dos meus dados pessoais, incluindo o direito de se opor a envolver qualquer contratante da OCEL no processamento dos meus dados pessoais;
  • opor-se a estar sujeito a uma decisão baseada unicamente em processamento / criação de perfis automatizados
  • fazer um pedido justificado por escrito para apagar meus dados pessoais sujeitos às leis aplicáveis,
  • todos os direitos podem ser exercidos entrando em contato com OCEL com um respectivo aviso em info@ocel.pt.

   12  Declaro que li cuidadosamente todas as disposições acima e concordo voluntária e inequivocamente com elas.

 

2021 Ocel. Todos os Direitos Reservados

Open chat
Precisa de Ajuda?

Prezados representantes e clientes:

A Celvirtual (Ocel) iniciou as suas atividades em 2019, tendo sempre priorizado as boas práticas de mercado e buscando os melhores resultados para os clientes e colaboradores. Para tanto, nossa área de Compliance, assegura o correto funcionamento e comportamento de nosso ecossistema dentro de normas previstas na lei portuguesa e europeia, incluindo, além da segurança da informação, “conduta e ética”, “riscos corporativos” e “controles internos”.

Nosso processo de Compliance integra as medidas de AML e KYC, onde os mesmos processos são aplicados aos fornecedores, parceiros de negócios e funcionários. Implantamos políticas rígidas e mantemos comitês especializados nos temas voltados à Conduta, Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Segurança da Informação e Proteção de Dados.

Para nossas operações utilizamos a maior corretora do mundo, Binance, com envio de toda documentação (traduzida e certificada) exigida para verificação corporativa das contas. No entanto, após aguardar um longo período, novas exigências foram surgindo e sendo cumpridas a rigor. Ainda assim, sobreveio o injustificado bloqueio de saques dos ativos, sob a argumentação de proteger os mesmos, tendo a equipe de segurança da Binance desabilitado todas as funções das contas.
Ato contínuo, a Celvirtual recebeu algumas ameaças de ataques hackers, motivo pelo qual realizou Denúncia perante as autoridades competentes, precipuamente a Polícia Judiciária de Portugal. Há uma investigação em andamento, sendo que todo procedimento será acompanhado diariamente pela empresa, que será participativa e colaborativa para a elucidação e solução.

Sendo assim, a partir de 01/07/2021 todas as solicitações de saques e envios estarão suspensas temporariamente, assim como a rentabilidade dos contratos e comissão de representantes, não por culpa da Celvirtual, mas por motivo de caso fortuito (externo) e/ou força maior. Seja pela impossibilidade de realizar operações, seja pela orientação da Polícia Judiciária de Portugal, ambos imprevisíveis com efeitos inevitáveis.

Todas as providências cabíveis já estão sendo tomadas, especialmente em relação à investigação e responsabilização dos culpados, com o intuito de restabelecer a normalidade o mais rápido possível.

A Celvirtual reafirma seu compromisso com todos os representantes e clientes, contando com a compreensão de todos para superar esse período de dificuldade causada por ato de terceiros. Esclarecemos que a empresa não encerrou suas atividades e mantém a Sede em funcionamento, com trabalho incessante para resolução do problema o mais breve possível.

Cordialmente,
Celvirtual.
Lisboa PT, em trinta de junho de dois mil e vinte e um.